Náufragos de nós mesmos, refugiados na própria terra... da história!

Entramos 2019 com forte ressaca acumulada de anos anteriores, fato. Agora… que este aninho tá osso, tá! Parece ter perpetuado a inconsciência na máxima expressão e coroado aberrações, inconsequências e barbáries.

As instituições ainda resistem, não querem deixar o púlpito. Julgando-se sagradas, ornamentam com maiores adereços a fantasia forjada para ocultar os trapos mulambentos a que se reduziram. Esvaziadas de sentido, idoneidade e sensatez desfilam tristes espasmos ensandecidos pela fome da ganância, ódio, rancor...

Independente da esfera - social, política ou econômica - elas (as instituições) rangem furiosas, desde o privado até público. Nunca o novo soou tão velho e a vanguarda tão carcomida.

Até a pobre esperança sistematicamente desacreditada, se deixa arrastar. Já não mais aciona o movimento contrário capaz de romper o circulo vicioso e ascender espiralada, passa a esperar...

No pavor do tacanho cenário mesmo as enseadas ensolaradas, que por natureza acolhem, convertem-se em sombrios mares bravios: refutam, engolem...

Arremessados de onda em onda, atordoados, à mingua, sedentos de calmaria... se prolonga o sufoco constante das noites e dias.

Em meio ao estardalhaço de tantos ecos chega a percepção, de repente... Raios, relâmpagos e trovões rompem o estranho silêncio e a conhecida escuridão.

Como nos permitimos compactuar com tamanha dor e ilusão, de nos julgarmos livres quando construímos a própria prisão?!... Basta!!!

Náufragos de nós mesmos, refugiados na própria terra... da história! Assim estamos... oprimidos, esquecidos, apartados de humanidade. Isso não nos cabe, não é o que somos!

Chega de tragar água salgada, que marea os sentidos, como se fosse néctar o fel que te consome. Desperta Humano, sintas! Pulsam em teu peito: amor, generosidade, compaixão... O outro não pode ser ameaça, é irmão! Reverbere, empodere, solte a voz e dê a mão...

Artes, Ciências e Humanidades - Dinamismo e Incertezas - Filosofia e Espiritualidade - Cidadania

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store